quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

MARIA CEBOLA - James Pizarro

Na década de 60, a popular "Maria Cebola" andava quilômetros por dia  fazendo sempre o mesmo trajeto entre a praça Saturnino de Brito e a "pracinha dos bombeiros", em Santa Maria, RS.

Assustava as crianças por se mostrar sempre brava e dizendo impropérios durante todo tempo. E chamava a atenção por usar vários vestidos sobrepostos.

Num piscar de olhos, como ocorre com tipos populares, sumiu da cidade.

Nenhum comentário: