terça-feira, 9 de março de 2010

LAGOA DA CONCEIÇÃO VAI MORRER !!!


NA LAGOA...AGORA É PRA VALER!!!! AGORA É OFICIAL!!!

O PREFEITO DE FLORIANÓPOLIS PRETENDE OBRIGAR A COMUNIDADE DA LAGOA A ENGOLIR EDIFÍCIOS DE 3, 4 E ATÉ MESMO 6 ANDARES!!!

O ZONEAMENTO DO NOVO PLANO DIRETOR ELABORADO PELO IPUF (ÓRGÃO DA PREFEITURA) E POR UMA EMPRESA ARGENTINA CHAMADA FUNDAÇÃO CEPA É UM DEBOCHE AOS INTERESSES DOS MORADORES DA LAGOA DA CONCEIÇÃO!!

NAS FASES INICIAIS DA CONSTRUÇÃO DO CHAMADO PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO, A COMUNIDADE LUTOU E DEIXOU CLARO SEU DESEJO PELO GABARITO MÁXIMO DE 2 ANDARES PARA AS EDIFICAÇÕES CONSTRUÍDAS NA LAGOA, CONFORME REGULAMENTA A ATUAL LEI MUNICIPAL 99/2002 DE AUTORIA DO EX-VEREADOR XANDI FONTES.

O PREFEITO DE FLORIANÓPOLIS PREFERIU ATENDER AOS INTERESSES DA CONSTRUÇÃO CIVIL E DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA E LEVARÁ PARA VOTAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES NO PRÓXIMO DIA 23 DE MARÇO UM PLANO DIRETOR QUE PERMITIRÁ A CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS DE 3 ANDARES EM TODO O DISTRITO DA LAGOA, 4 ANDARES EM OUTRA ÁREA E ATÉ MESMO 6 ANDARES, EM UM TERRENO DE PROPRIEDADE DE UMA GRANDE CONSTRUTORA!!

ALÉM DESSE ABSURDO, O PREFEITO PRETENDE MANCHAR AS PAISAGENS DO PRINCIPAL CARTÃO POSTAL DE FLORIANÓPOLIS E DEIXAR MENOS PROTEGIDO O MEIO AMBIENTE NATURAL DA LAGOA DA CONCEIÇÃO, POIS:

- O NOVO PLANO DIRETOR NÃO CRIA NENHUMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO NOVA NEM AMPLIA OS ATUAIS PARQUES MUNICIPAIS DA LAGOA;

- O NOVO PLANO DIRETOR NÃO OFERECE MAIS RESTRIÇÕES A OCUPAÇÃO DAS ATUAIS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO LIMITADAS (APLs) LOCALIZADAS EM COSTÕES AINDA VIRGENS COMO O CANTO DO GRAVATÁ;

- O NOVO PLANO DIRETOR PERMITIRÁ EDIFICAÇÕES DE ATÉ 3 ANDARES NAS ATUAIS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO LIMITADA (APLs) LOCALIZADAS EM TODOS OS COSTÕES DA LAGOA;

ESPERAMOS QUE A IMPRENSA EM GERAL DENUNCIE ESSE ABSURDO QUE O PREFEITO DE FLORIANÓPOLIS PRETENDE OFERECER À CIDADE NO PRÓXIMO DIA 23 DE MARÇO, ANIVERSÁRIO DE FLORIANÓPOLIS.

NO ENTANTO, SOMENTE A OPINIÃO PÚBLICA E A COMUNIDADE DA LAGOA PODEM PRESSIONAR O PREFEITO E OS VEREADORES PARA IMPEDIR QUE ESTE ABSURDO SAIA DO PAPEL E VIRE LEI.

POR FAVOR, ENCAMINHE ESSE PROTESTO AO MAIOR NÚMERO DE PESSOAS POSSÍVEL E AJUDE A COMUNIDADE DA LAGOA A MANTER O GABARITO MÁXIMO DE 2 PAVIMENTOS!!!!

EU SOU GAÚCHO, MAS TENHO NOÇÃO BEM CLARA DO DESMONTE ECOLÓGICO QUE ESSA ILHA ESTÁ SOFRENDO !!!
******************************************

6 comentários:

jose newton disse...

O senhor prefeito de Floripa não tem nome, nem partido? Talvez a ideologia dele e de sua agremiação política seja amplamente favorável à economia de mercado, de gerar lucro, riquezas, e "empregos". A classe média, os ricos, os donos querem que esses projetos sigam em frente. Essa é a lógica. Os donos das construtoras têm nomes e ideologias e dão sustentação aos políticos que defendem os seus projetos. Só conseguiremos alguma coisa contra essa obra que renderá muito dinheiro para essa gente é mostrando ao povo, quem são eles, com nomes, partidos. Falar do milagre e não mostrar o santo? Não podemos permitir uma nova Angra dos Reis, comprometer as encostas. Dá o nome dassa gente, professor Pizzaro.

JAMES PIZARRO disse...

From: jamespizarro@hotmail.com
Sent: Sunday, March 14, 2010 4:49 PM
To: jose newton
Subject: Re: [JAMES PIZARRO] Novo comentário em LAGOA DA CONCEIÇÃO VAI MORRER !!!.


Devo entender como uma critica tua por não ter falado no nome do Dario (que todo mundo conhece) e também não identificar seu partido (nem sei qual deles agora, pois já esteve em vários) ?
Quando fui acessar teu perfil, blog ou e-mail para te responder estava escrito apenas este singelo aviso :
"Perfil não disponível. O Perfil de Blogger que você solicitou não pode ser exibido. Diversos usuários do Blogger ainda não optaram por compartilhar publicamente seus perfis."
Achei curioso...rssss
Eu faço a crítica, mas me identifico com nome, foto, e-mail, etc...

Um abraço

James Pizarro

JAMES PIZARRO disse...

From: Neusa Moura
Sent: Thursday, March 18, 2010 10:26 PM
To: jamespizarro@hotmail.com
Subject: Re: Estão destruindo Florianópolis ! Proteste !


James

Fui a Audiência Pública no teatro Álvares de Carvalho para ver a explanação do plano diretor. E infelizmente nem chegou a iniciar pois o povo
não deixou. Uma demonstração de falta de educação. Creio que primeiro deveríamos escutar para depois protestar .
Deu nitidamente para perceber que a reação foi política de diversas direções. Não concordo também que todo o trabalho feito pelas comunidades sobre como
cada uma delas queria gostaria pra si fosse colocado de lado.
Pois bem, foi interrompida a audiência, com a pretensão que fosse anulada a mesma , coisa que não aconteceu. Então os manifestantes resolveram fazer uma ata relatando
o descontentamento de todos e ainda que as audiências fossem feitas em cada destrito para a discussão. (que concordo). Só que todos deveriam
aguardar até as 22 horas, hora que terminaria a audiência.. Na hora que começou a passar a lista para assinatura dos presentes para anexar a ata a maioria
já tinha ido embora. Tenho que gargalhar...


Tenho como exemplo o caso de Canas que eramos sempre 4 a 5 que participávamos estudando o que íamos discutir,
perdendo duas noites na semana e muitos sábados o dia inteiro e a tal da comunidade sentadinha em seu sofá vendo novelas, bebendo cerveja nos bares
enquanto o bando de otários estávamos quebrando a mufa pra poder apresentar algo de bom. Eu não tenho interesse econômico aqui só quero ter
uma qualidade de vida melhor e uma cidade mais digna para meu filho e neto. Mas audiência Pública feita na ACADEPOL a comunidade não
compareceu, mas aqueles que tinham grandes interesses compareceram pra opinar e tentar decidir. Por que não estavam nas comissões?
Eu hoje repenso muito minha posição nas entidades que pertenço. Pois não represento comunidade nenhuma pois ela não está nem aí, mas pra reclamar
é a primeira.
Deixo-lhe a minha impressão.
Um abraço no casal

Neusa Moura
Canasvieiras
Santa Catarina

Ceramista

JAMES PIZARRO disse...

Neusa, fraterna :

É de cansar mesmo !
Ainda na quarta, 20:30 h, participei de uma reunião na matriz N.S. de Guadalupe com 3 deputados federais, um suplente de vereador, assessores políticos, moradores, etc...para discutir a implementação da praça no terreno ao lado da igreja (14.000 metros quadrados) uma vez que tínhamos conseguido sustar o leilão do mesmo duas horas antes do mesmo começar (na segunda-feira).
A reunião, marcada para as 20:30 h começou às 21:15 h porque as "otoridades" chegaram atrasadas, embora eu opinasse por começar sem eles por uma questão de respeito aos que chegaram no horário. Cerca de 40 pessoas no início da reunião. Final da reunião, às 23:00 h : cerca de 10 pessoas.
Discursos repetitivos, intervenções inoportunas, gasto de energia. Finalmente, os 3 ou 4 que sempre agem racionalmente conseguiram traçar os próximos passos REAIS para que as coisas ocorram.
Isso tudo para não falar de certas caras feias e piadinhas xenófobas, estranhando a participação "desses que chegaram agora" e que não são "antigos e daqui que nem nós". Mas eu faço cara de paisagem e executo audição seletiva...só vejo e escuto aquilo que me interessa...rsssss
Mas como tu tão bem disseste : é de cansar !
Obrigado pelo relato da "reunião".

Abraço !

James e Vera Pizarro

JAMES PIZARRO disse...

21 de março de 2010 | N° 8749 - Diário Catarinense
VISOR | RAFAEL MARTINI

OLHAR PARA O FUTURO...
A malsucedida audiência pública para discutir o Plano Diretor Participativo da Capital, já provocou consequências. Prefeito Dário Berger e o presidente da Câmara de Vereadores, Gean Loureiro, decidiram, no final da tarde de sexta-feira, transferir a data da entrega do anteprojeto ao Legislativo. Previsto inicialmente para terça-feira, dia 23, no aniversário da cidade, ficou para o dia 30. Ninguém quer correr o risco de ver manifestante invadindo a sessão solene da Câmara e transformar uma festa em baixaria.

***

Ainda na sexta-feira, Dário havia confirmado que compareceria à Câmara com o Plano Diretor debaixo do braço.

– Para ser prefeito de Florianópolis é preciso ter coragem e ousadia, por isso vou cumprir o previsto – disse, logo no início da tarde.

Até aquele momento, não conhecia todos os detalhes da confusão que ocorreu na audiência na noite de quinta-feira, no TAC, determinando a suspensão da reunião, pouco mais de uma hora depois de iniciada. Alertado por assessores, aceitou a nova data.

A administração municipal trata o Plano Diretor Participativo como o principal símbolo da gestão de Dário Berger. Capaz, até, de alavancar votos caso ele seja o escolhido pelo PMDB para concorrer ao governo do Estado.

Só que, do outro lado, mesmo sem nenhuma articulação ou “cabeça”, os movimentos comunitários não aceitam a forma como foram conduzidas as definições e vão fazer barulho. No meio desta disputa, os vereadores, que, certamente, sofrerão muita pressão de todos os lados.

***
Tomara que não se repitam exemplos recentes, como a votação do Defeso do Itacorubi e o Estudo de Impacto da Vizinhança. Ambos os projetos, mesmo encaminhados pelo Executivo, que tem ampla maioria na Casa, foram rejeitados pelos vereadores.

A cidade não merece politicagem. Mas planejamento e organização. A longo prazo. Só assim, todos ganham.

JAMES PIZARRO disse...

RECEBIDO POR E-MAIL
***********************************


From: ELIANE MARFIZA BRAGA MACHADO
Sent: Saturday, March 20, 2010 5:58 PM
To: jamespizarro@hotmail.com
Subject: Re: Estão destruindo Florianópolis ! Proteste !


Olá James e Vera,


Vocês como estão casal querido
Viemos para esta ilha maravilhosa em 1986.
Fizemos muitas lutas através do sindicato dos prof da UFSC -APUFSC_ que agora ao contrário da UFSM virou em uma associação .
Mas só pra informar a turma da
APUFSC secção sindical do Andes _ isso tem quase dois anos Continua na luta para continuar sendo Sindicato e com apoio do SEDUFSM .
Bom conhecemos todos os lugares e vivemos - como vocês o teu poema de Amor a Ilha -maravilhoso !
Então amigos lembram ali onde está o Iguatemi lutamos muito para que não fosse colocada a Santa Fé veículos. Fomos insultados como sempre conhecem esse processo. Fiz parte da diretoria da APUFSC em um período onde colegas me olhavam de cara feia! Isso em 1991 não foi em 1968! Um departamento pediu que eu saísse da APUFSC para me aceitar pois sou cedida da UFSM.
Caros irmão isso só contando

Esse projeto do Campeche O Luciano acompanhou qdo fazia Arquitetura ele ficava arrasado sempre comentva cs não acreditam o que vão fazer com o campeche mas pra eles mostravam apenas como exemplo pra Estudantes ele ficava furioso ..."que péssimo exemplo tratam nos como acéfalos ou sem luz ..."alunos"." Saiu foi para a Civil .


Grande abraço com carinho

Saudade!

Flama e Eliane