terça-feira, 24 de novembro de 2009

É ISTO A VIDA ?

Uma placa radioativa indicava o local onde a bomba havia caído.
E à gestante do filho anômalo de Hiroshima eu perguntei :
- É isto a vida ?
Em tempo de corrupção e de tramóia,
quando em reuniões secretas se delatam antigos amigos, eu perguntei :
- É isto a vida ?
Quando o orgasmo impressentido
maculou o lençol do adolescente inquieto
e a medieval mãe lhe ameaçou
com o pântano e a treva do inferno,eu perguntei :
- É isto a vida ?
Quando o mesmo pai que se desvaneceu
na torturada carne da amante
ficou pálido diante da gravidez da filha caçula
e sua mão de falsa moral
gritou um tapa
na face de porcelana da futura mãe, eu perguntei :
- É isto a vida ?
Quando o pássaro,
cansado de um dia gasto em procurar alimento para a cria,
pousou no galho da pitangueira em flor
e recebeu um canhonaço de espingarda do humanóide em férias,
ficando com as vísceras à mostra
numa estranha mistura de chumbo e massa sanguinolenta,
eu perguntei :
- É isto a vida ?
Quando olhos de censura e juizo de valor
- como soturno réquiem -
se abateram contra a exausta mente a criar,
eu me carbonizei de tédio e tensão
porque sei que a arte
é um imensa campina preta por lavrar.
E eu me perguntei :
- É isto a vida ?
Mas diante de uma colméia silenciosa
e de abelhas que ornanizam tudo,
produzindo ternura e mel
sem nada esperar em troca,
eu me certifiquei :
- É isto a vida !
**********************************
AUTOR : James Pizarro

4 comentários:

ana b. disse...

cada frase tua me surpreende e encanta. percebo que ainda nada sei diante de toda a tua sabedoria, colhida anos e anos diante de erros e acertos. mas quer saber? não me lamento... és sábio porque viveu imensamente tudo o que a vida te ofereceu... e tens a humildade e a honradez de divir conosco, ainda "adolescentes" na arte de viver... te admiro, muito.
bj, ex-futura.

JAMES PIZARRO disse...

Pela generosidade tua, muito obrigado !
Beijo

JP

Beth/Lilás disse...

Que coisa linda esta tua visão holística sobre a vida!
Lindo poema!
abraço carioca

Ana disse...

Bonito demais!