segunda-feira, 12 de julho de 2010

LULA "PANEM ET CIRCENSES" DA SILVA

Presentes de Natal, peru, cores, Papai Noel e toda parafernália da mídia e do marketing de final de ano para fazer o trabalhador torrar o seu décimo terceiro salário fazendo novas contas ao invés de pagar as contas que já tinha - eis uma faceta "bondosa" de final-de-ano da sociedade de consumo de mundo capitalista.
Depois as férias, balneários, praias, maiôs, biquinis, bronzeadores,campings.
Depois o carnaval, blocos, fantasias, Marques de Sapucaí ao vivo, escolas de samba, miseráveis vestidos de nobres, mulheres flácidas sacudindo suas celulites vestidas de pistoleiras, rede Globo transmitindo tudo.
Depois as reclamações contra o preço do material escolar dos filhos...
Mas logo a seguir chegam os campeonatos regionais de futebol.
E depois o campeonato nacional de clubes.
E mais Gugu. Hebe Camargo. Silvio Santos. Didi. Faustão. Caldeirão do Huk.
Márcia Goldsmith. Luciana Gimenez. Zorra Total. Novelas alienadoras.
E 2010 ainda teve a Copa do Mundo. Izabella Nardoni.
E agora o novo Jack, o estripador : o goleiro Bruno e seus asseclas.
E a galera, anestesiada, nem se preocupa em ler e saber das plataformas eleitorais dos candidatos à presidência da república.
O guru salvador Lula faz campanha eleitoral aberta pela TV para a sua candidata, é multado pela justiça e nada acontece. Quem deveria primeiro dar o exemplo é o primeiro a infringir a lei. Estimulando a certeza da impunidade no país.
Mas que importância tem isso se o Robin Hood tupiniquim cumprimenta com o chapéu alheio e fornece bolsa-familia com nosso dinheiro ?
E de-lhe vale-gás, e auxílio familia, e quinze reais por filho, e camisinha de vênus, e cotas na universidade, e embaixada em Funafuti, e perdão de dívidas para países africanos.
Lembro das aulas de latim do saudoso professor Albino Seibel, no Colégio Estadual Manoel Ribas, em Santa Maria. Foi com ele que, aos 12 anos, ouvi pela primeira vez a expressão "panem et circenses", uma forma de política romana que elevou os impostos e ajudou na ruína do império.
"Pão...e JOGOS circenses" passou até nossos dias com a singela idéia de pão e circo.
Se em Roma distribuíam pão gratuitamente durante as lutas sangrentas dos gladiadores, o governo faz hoje a coisa mais sutilmente, sob a forma de benesses.
Roma ruiu estrondosamente pelo mau uso do seu dinheiro.
Alguém duvida que apodreceremos também ?
Quem viver, verá.

*****************************
AUTOR : James Pizarro

8 comentários:

Ângela Coelho disse...

James, infelizmente a nossa realidade foi descrita com maestria acima.
O povo está anestesiado com as fartas notícias sobre os assassinatos espalhadas pela tv, rádio e internet; o Brasil perdeu a copa mas se transformou em espanhol desde pequeno.
E enquanto isto os candidatos estão fazendo planos que envolvem nossa vida e ninguém se dá conta.
Abraços e boa semana.

Ângela Coelho disse...

James, infelizmente a nossa realidade foi descrita com maestria acima.
O povo está anestesiado com as fartas notícias sobre os assassinatos espalhadas pela tv, rádio e internet; o Brasil perdeu a copa mas se transformou em espanhol desde pequeno.
E enquanto isto os candidatos estão fazendo planos que envolvem nossa vida e ninguém se dá conta.
Abraços e boa semana.

JAMES PIZARRO disse...

RECEBIDO POR E-MAIL
**************************
From: "Erony Paniz"
Sent: Monday, July 12, 2010 8:06 PM
To:
Subject: Re: LULA "PANEM ET CIRCENSES" DA SILVA - James Pizarro

Caro James!!!
Saúde!!!!
Parabéns por tua postura!!! Homens como tu o BRASIL precisa e, o RIO GRANDE DO SUL tem e exporta para Santa Catarina !!!!
Um grande abraco tche do

Paniz

Beth/Lilás disse...

Caro James!
Como sempre sua crônica é excelente e muito real. Ainda bem que pelo menos não tivemos que ver aqueles cretinos desfilando em carros de bombeiro e parando mais uma vez o país e junto com eles, lulla e sua turma pegando carona no sucesso da copa.
Outro bom texto e que poderia ser continuidade do seu, está no blog da amiga Glorinha, dê uma olhada:

http://cafecomglorinha.blogspot.com/2010/07/falando-de-tudo-como-os-loucos-2.html

um abraço carioca

Anônimo disse...

Que crônica maravilhosa esta tua!
É simplesmente delícioso saber que ainda achamos pessoas que compartilham texto, modo de pensar e ver o mundo como você.
Parabéns pelo texto!Verdadeira pérola digital.

Muito axé !

htpp://diario-porto-solidao.blogspot.com/

Sonia Boni disse...

Caro Pizarro, esse império podre já está. Não sei como ainda não caiu. O que se vê, se ouve e se lê é de estarrecer. Hoje vi um vídeo que me deixou desanimada. E questiono o fato de que qualquer um pode ser deputado e senador. O TSE permite, as leis permitem. Costumo dizer, quando bate o desespero, que "quero morar na Suiça". Veja aqui pela coluna do Augusto Nunes, que leio diariamente.
http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/historia-em-imagens/um-trecho-do-programa-cultural-demonstra-que-netinho-de-paula-esta-preparado-para-envergonhar-sao-paulo-no-senado/

JAMES PIZARRO disse...

RECEBIDO POR E-MAIL
****************************
From: Joao Dias
Sent: Tuesday, July 13, 2010 7:43 PM
To: jamespizarro@hotmail.com
Subject: Res: LULA "PANEM ET CIRCENSES" DA SILVA - James Pizarro


Obrigado pela lembrança. Mas confesso que já havia visto no blog. Sempre dou uma olhada. Olhei também crônica do Prof. Ronai aquela que conta a história da Dona "Maria" catando zinco no extinto camelódromo.
Aproveito para dizer que estava em Florianópolis no dia da transferência do Camelódromo. Essa semana visitei os dois locais. Para mim o melhor lugar seria no antigo Hotel Jantzen acho que ficou muito bom o Schoping Independência. Torço para que dê certo. Por que as ruas, enquanto imperar o automóvel como meio de transporte, devem servir mesmo é para livre circulação. Não deve ter mesmo nem estacionamento pago.

Ana disse...

E quem poderá nos ajudar?
Chamemos o Chapolin Colorado!

(É revoltante... E o sr, como sempre, se superou nesta análise do estado atual do nosso país!)