quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Horror


James Pizarro

por James Pizarro em 01/10/2015
Compartilhar:
Mais opções
LIBERDADE - No livro “Educação Como Prática de Liberdade”, Paulo Freire explica a dinâmica de construção desta utopia: “Ninguém liberta ninguém; ninguém se liberta sozinho; os homens e mulheres se libertam em comunhão”. No atual estágio da vida brasileira, onde cada vez mais são acentuadas as diferenças, onde políticos poderosos agem com corrupção e nada lhes acontece, enquanto o pobre vai para a cadeia porque roubou uma caixa de leite no supermercado, quando ocorrerá a libertação pela comunhão de todos? Quem é poderoso, corrupto e premiado com a liberdade graças à impunidade, abrirá um dia mão de suas regalias? Respostas para o Papai Noel.
PSIQUIATRIA – Ministro da Saúde do Governo, de maneira curta e grossa, foi demitido pelo telefone. Será substituído por um médico do Piauí, cuja especialidade é a psiquiatria. Ouvindo certos discursos desconexos, nada mais salutar e coerente do que um médico psiquiatra na pasta da saúde...
PEGADINHA – O governo anunciou a subida dos combustíveis pertinho da meia-noite de terça-feira. Assim, nem deu tempo do pessoal encher o tanque de gasolina com o preço velho. E agora vem a cascata de aumentos atrás: fretes, taxis, transportes, passagens, etc...Mas o miserável aumento do funcionalismo público federal que seria dado em janeiro de 2016 passou para agosto de 2016.
HORROR - Eis alguns procedimentos básicos que as famílias tomam, consciente ou inconscientemente, com seus filhos e netos desde a mais tenra infância. Permitem que assistam todo tipo de desenho, série ou filme onde ocorrem milhares de tiros, punhaladas, enforcamentos, estupros, roubos, homicídios, uso de drogas, atividade sexual, sadismo, masoquismo, torturas, subornos, adultérios, etc...Permitem que as crianças ouçam e prestem atenção nas tragédias e toda espécie de crimes narrados nos grandes telejornais, onde elas aprendem diariamente que nenhum culpado vai preso e se, for menor, nem seu nome e rosto aparece no noticiário (muito embora, ele - menor de idade - possa votar para presidente).Permitem ver que os políticos dificilmente perdem o mandato mesmo que sejam filmados roubando dinheiro ou escondendo a propina nas meias e nas cuecas, inculcando na cabeça infantil a cultura da impunidade. Permitem que eles sejam promovidos de ano na escola à força, por ordem governamental, mesmo que não estudem, instituindo a vadiagem como norma e desestimulando os bons alunos que gostam de estudar e que passam a ser motivo de zombaria por isso.Permitem que as novelas sejam vistas pelas crianças e que ali aprendam todo tipo de deformidade, de comportamento, de moral, de ética, de honestidade, sendo que nas mesmas sempre a sacanagem vence.
Até quando os brasileiros de bem vão suportar esse horror?


James Pizarro

Nenhum comentário: