sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

NAMORADO, FICANTE ou PEGUETE ?

Passeando pelos milhões de blogs existentes sempre encontro curiosidades.
E também me dou conta das novidades nas relações humanas. Ou seriam desumanas ?
Uma jovem catarinense, de nome Tatiane, escreveu no seu blog esta conceituação didática diferenciando NAMORO, FICANTE e PEGUETE :

"NAMORO (grau de compromisso elevado exige satisfações e respeito mútuo)
FICANTE (grau de compromisso médio - Ou seja, nada de showzinhos ou crise de cíumes, mas é preciso respeitar o ficante e não pegar outro na frente dele)
PEGUETE (sem grau de compromisso - bundalelê total)"

Puxa vida ! Eu sou tão velho que sou do tempo do namoro, noivado e casamento. E tudo com a mesma pessoa. Devo passar por um alienígena diante dos mais jovens.
E se eu disser que namorei dois anos, noivei um ano e estou casado há 44 anos, certamente vão me internar numa clínica psiquiátrica...
*******************************
Autor : James Pizarro

3 comentários:

ana b. disse...

eu não te acho um alienígena. te acho um cara tri moderno, antenado, ligado no mundo, porém, com valores. namorar, noivar e casar com a mesma pessoa, no meu entendimento, não é sinônimo de caretice e mto menos representação de et. acho bonito, acho sím uma bela prova de amor.
mas não vou ser hipócrita. já tive namorado e ficante. peguete ainda não tá no meu nível de compreensão. mas a situação tá tão russa, que sou capaz de aderir, hahahaha.

Paola Soares disse...

Pizarro,

Certamente muito te invejarão, pois, não há quem não busque um amor pra vida toda.

Beijo

In Pressões disse...

Não vão não. Vão achar lindo. Raro. Sonho. Realidade de poucos. Parabéns!