quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

HUMOR NEGRO...


A mãe ralhava com o garoto:
- Juquinha, tira o dedo do nariz! Dois minutos depois:
- Juquinha, tira o dedo do nariz do seu avô! Logo depois:
- Juquinha, se você não tirar o dedo do nariz do seu avô, eu fecho o caixão e tiro você do velório!
**************************************************
O rapaz ansioso para saber os resultado de seus exames pergunta para o médico:
- E então doutor eu estou bem?
O medico por sua vez responde:
- Olha rapaz eu tenho uma noticia boa e outra ruim. Qual vc quer primeiro?
- A ruim.
- A ruim é que vamos ter que amputar as suas pernas.
- E qual é boa?
- Tem um enfermeiro no terceiro andar que quer comprar seus sapatos.
**************************************************
No jantar, a mãe repreende o filho:
- Pedrinho, vê se não derruba carne na sopa!
Pouco depois:
- Pedrinho, cuidado para não derrubar carne na sopa!
Pouco depois:
- Pedrinho, eu já falei para você não derrubar carne na sopa!
Credo! Como é duro ter um filho leproso!
***************************************************
Aquela família de sádicos estava passeando de carro quando de repente um cachorro cruza a pista.
- Mata pai, mata pai! - gritam as crianças alvoroçadas.
Póófff! E o cachorro é esmagado pelas rodas do carro.
- Urra! - gritam as crianças.
Um pouco mais adiante é uma velhinha que tenta atravessar a rua.
- Mata pai, mata pai! - gritam as crianças alvoroçadas!
Póófff! E os cacos da velhinha se esparramam pelo asfalto.
- Urra! - gritam as crianças.
Um pouco mais adiante o carro derrapa numa curva e uma das portas dianteiras se abre, a mãe é atirada para fora e rola em um despenhadeiro.
- Urra! - gritam as crianças, menos uma que começa a chorar.
- O que foi, meu filho? - pergunta o pai.
- A mamãe... - balbucia ele, entre soluços.
- Você está triste por que a mamãe morreu?
- Não... É que eu não vi ela cair!
*********************************************************
Um homem perde um braço num acidente. Inconformado, resolve se matar, jogando-se debaixo de um carro.
Quando está prestes a consumar o ato, avista um cara sem os dois braços que vem pela calçada, andando e dançando. O homem então lhe diz:
- Puxa vida! Eu quase ia me matando por não ter um braço e você, sem os dois, taí todo contente, dançando!
- Que dançando, o quê! Eu tô é com uma bruta coceira no cu!
*********************************************************

3 comentários:

aminhapele disse...

Paz às suas almas...

Ana B. disse...

humor negro? minhas favoritas!! tem mais:

Um cara acaba de morrer e vai pra o Céu todo triste.
Chegando lá, implora pra darem uma chance de ele retornar à terra.
Depois de muito tempo, já de saco cheio, Deus chega pra ele e fala:
- Cara, vou te dar uma última chance. Mas você vai voltar pra terra ou com AIDS, ou com um FIAT 147. Escolha.
Sem pensar muito, o rapaz responde:
- Deus, então quero voltar pra terra com ÁIDS! Pelo menos eu passo pra frente...


A família reunida ao redor da mesa. O filho mais novo murmura:
- mãe... eu não gosto do meu irmão.
A mãe ordena:
- cala a boca e come logo.
O piá, já choraminga:
- mas, mãe... eu não gosto do meu irmão!!
- Cala a boca e come praga!
- Mas, mãe! Eu detesto o meu irmão!
A mãe então diz:
- tá bom meu filho. Então separa e come só as batatas!

O irmão mais novo para o irmão mais velho:
- Eu tenho videogame você não tem, eu tenho tênis novo você não tem, eu tenho um monte de brinquedo você não tem....
O mais velho responde:
- Você tem câncer, eu não tenho, você tem câncer, eu não tenho...

NO PRIMEIRO DIA DE AULA, CHEGOU UMA MENININHA NA SALA DE AULA, COM AS MÃOS PARA TRAZ, E PERGUNTOU AOS COLEGUINHAS :
- ADIVINHEM O QUE EU TENHO NAS MÃOS ?
UNS DIZIAM:
- UM CHICLETE?
- NÃO !
- UMA BALINHA?
-NÃO!
- UM PIRULITO?
- NÃO!
- UM BICHINHO?
- NÃO!
ENTÃO UM DOS COLEGUINHAS PEGUNTOU:
- ENTÃO O QUE É ?
A MENININHA COM DIFICULDADES MOSTRA AS MÃOS E DISSE:
-PARALISIA INFANTIL!!!

Uma mulher grávida vai ao médico e diz:
- Doutor, o que que eu faço para não ter esse neném?
E o médico responde:
- beba muita água!
Ela bebeu, bebeu e bebeu.
Uma semana depois ela foi ao médico novamente:
- Doutor, quero escutar o coração do bebê.
Quando viram o neném estava:
- Gugu, dádá, se ferrou que eu sei nadar!

Bianca Zasso disse...

James...vi uma palestra tua na unifra e me xonei! heheeheh Tu é uma figura, inteligente e engraçado, um tipo em falta nesse mundo velho. Obrigada por aparecer no meu blog! Bjus da bia